A performance da curadoria com Daniela Mattos

No encontro com Daniela Mattos debatemos sobre as relações existentes entre performatividade e performance associada à análise da prática artística-curatorial “A Performance da curadoria”, que foi realizada pela Daniela para a Temporada de Projetos do Paço das Artes em 2011.

Leia o texto curatorial da exposição “A Performance da curadoria” no site do Paço das Artes.

Diagrama do processo de criação da exposição "A Performance da Curadoria" por Daniela Mattos.

Diagrama do processo de criação da exposição “A Performance da Curadoria” por Daniela Mattos.

A pesquisa de doutorado “Performance como texto, escrita como pele” defendida por Daniela (com orientação de Suely Rolnik) na PUC-SP  também é uma importante referência para a nossa pesquisa conceitual. Veja o resumo:

A tese “Performance como texto, escrita como pele” é tanto uma pesquisa acadêmica quanto uma obra de arte. Constitui-se por atravessamentos entre texto e imagem, problematizando a escrita de artista como um dispositivo poético-performativo que se produz por meio das contiguidades entre enunciados e visualidades (e além). Pensado como um espaço composto por retângulos sucessivos, desses repletos de palavras e velocidades – assim como um livro –, este trabalho também se configura como uma espécie de espaço expositivo ou espaço entre, que dá lugar a ativações, desde aquelas efetivadas por meio dos gestos de artistas aqui analisados até as experiências singulares que serão geradas por cada um dos leitores, em seu contato com o que aqui se apresenta. As partes heterogêneas que dão corpo a este texto se relacionam mas não configuram um todo; tampouco se submetem a quaisquer hierarquizações ou encadeamentos evolutivos como os que ocorrem segundo a organização tradicional por capítulos. A pesquisa busca, portanto, tornar fecundas as relações entre certas produções do campo da arte, tanto as de minha autoria quanto aquelas de outros autores, aproximando-as de algumas obras da literatura, da poesia, da filosofia.
Palavras-chave: escrita de artista; performatividade; arte contemporânea; subjetividade; curadoria

Leia a tese “Performance como texto, escrita como pele” completa no site da PUC-SP.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: